30.1.11

Dos janeiros: abismos. E as águas de março? Esperança no calendário dos homens.

Nenhum comentário: